• sergiosfair8

NÃO COMPRE GATO POR LEBRE – AO COMPRAR SISTEMA DE CFTV ENTENDA O QUE ESTÁ ADQUIRINDO

Atualizado: 28 de mai.


Após selecionar orçamentos, a empresa escolhida lhe entrega um HVR (DVR que também aceita câmeras IP) e câmeras de segurança Full HD, e você pensa que tem um sistema Full HD com gravação Full HD. Mas não tem. Na realidade, seu sistema será capaz de gravar, no máximo, em menos da metade desta resolução e provavelmente apresentará as imagens das câmeras também desta forma.

E isso fará uma enorme diferença quando precisar identificar uma placa de veículo ou visualizar uma fisionomia em uma imagem de uma área maior e mais aberta.

Mas o pior é que você nem sequer percebeu que comparou orçamentos completamente diferentes de ditos sistemas Full HD, e escolheu pelo preço, pensando ser a mesma coisa, ou ao menos similar.

Equipamentos que não gravam em Full HD e que na grande maioria das vezes também não apresentam as imagens em Full HD, são chamados de equipamentos Full HD pelos seguintes motivos:

a) Apresentam a saída de vídeo em Full HD, ou seja, apresentam o conjunto de câmeras, o chamado mosaico, nesta resolução;

b) Aceitam também câmeras IP (ligadas via rede), raramente utilizadas neles, e para estas câmeras conseguem visualizar e gravar em Full HD (1080p), porém para as câmeras mais utilizadas, quer sejam de tecnologia AHD, HDCVI ou HDTVI, isso não ocorre mesmo estas câmeras sendo realmente Full HD.

Também o que aumenta a confusão é que o termo 1080p, que designa uma imagem Full HD, cuja resolução é de 1.920 pixels x 1.080 pixels, ou seja, 2,1 Mpixels, é confundido por termos parecidos: 1080N ou 1080p lite. Sendo que qualquer um destes dois temos se referem a equipamentos que gravam na resolução 960 pixels x 1.080 pixels, aproximadamente 1 Mpixel, o que os igualam aos sistemas HD (720p = 1.280 pixels x 720 pixels, aproximadamente 1 Mpixel).

Apenas para melhor entender isso, mencionaremos modelos de dois fabricantes, o mais vendido no Brasil (Intelbras) e o mais vendido no mundo (Hickvision). Ambos, ao contrário da maioria dos fabricantes, possuem linhas com equipamentos com gravação em 1080p, de maior custo e que geralmente precisam ser encomendados (grande parte dos distribuidores não os mantêm em estoque), e linhas que são o carro chefe da marca, equipamentos chamados Full HD, que utilizam câmeras Full HD, mas que gravam em 1080N. No caso da Intelbras, a linha mais vendida é a linha 1.000. O equipamento MHX 1116, o mais vendido de 16 câmeras, grava e visualiza as imagens em 1080N (1Mpixel). Agora no segundo semestre de 2.021 foi substituído pelo MHX 1216, equipamento 1080p Lite, nome que o fabricante dá a um equipamento que grava em 1080N (HD), mas visualiza imagens de câmeras Full HD em 1080p (Full HD). A linha de menor custo da Intelbras que grava em 1080p é a série 3.000, de custo muito superior ao de seu carro chefe. O mesmo ocorre com a Hickvision, com seu carro chefe de 16 câmeras, o DS-7216, que é denominado como 1080p Lite, e que é vendido pelas empresas de instalação como Full HD. Como dito, a Hickvision possui equipamentos que gravam em 1.080p, mas, devido ao seu maior custo, saem tão pouco que precisam ser encomendados, não sendo comum encontrá-los nos estoques das distribuidoras.

Por fim, cabe observar que quando qualquer um destes aparelhos apresentam imagens em mosaico, a imagem individual de cada uma das câmeras do mosaico será uma fração de uma imagem total Full HD, mosaico este que só será visto em Full HD se utilizado um monitor Full HD.

Se desejar se aprofundar mais em como obter um sistema de CFTV de qualidade, convidamos a ler também os seguintes artigos:

CFTV de Qualidade é muito mais do que apenas câmeras de boa resolução

Multiplique por até 9x a resolução de cada imagem em um Mosaico de 16 câmeras mantendo o CFTV atual

202 visualizações